12.11.2020

CRMV Tocantins retorna parcialmente com atendimento presencial

A sede e a delegacia do CRMV – Conselho Regional de Medicina Veterinária e Zootecnia do Tocantins retornam parcialmente nesta semana o atendimento presencial de filiados médicos-veterinários e zootecnistas. O mesmo estava sendo realizado preferencialmente por telefone ou por e-mail, desde o mês de março, quando surgiram os primeiros casos de Covid-19 no Tocantins, buscando proteger a saúde dos funcionários e filiados.

Segundo a Portaria nº 38, o atendimento presencial será realizado nas terças e quintas, das 12 às 18h, mas para ingresso nos prédios fica obrigatório o uso de máscaras, a utilização de álcool em gel e ainda é limitado o número de atendimentos a quatro pessoas por vez, sendo duas no setor de atendimento e duas no setor de negociação de dívidas. O documento também ressalta que funcionários e filiados devem respeitar o distanciamento de no mínimo dois metros.

As atividades de fiscalização ocorrerão normalmente, seguindo escala definida pela Diretoria. “A fiscalização retornará para que possamos combater todo tipo de conduta antiética e crimes, como maus-tratos de animais e charlatanismo. Recentemente enviamos denúncia de um caso de um estudante de medicina veterinária já atuando como profissional formado em Palmas ao Ministério Público e Polícia Civil”, explicou a presidente do CRMV TO Márcia Helena da Fonseca.

Já as reuniões presenciais no auditório devem ser evitadas e, quando indispensáveis, os participantes devem manter o distanciamento de dois metros entre cada participante, e observar as normas de higienização. As solenidades de entrega da carteira profissional, além de quaisquer tipos de aglomeração não oficiais dentro do CRMV-TO, continuam suspensas.

Atendimento no CRMV Tocantins
Segunda, quarta e sexta (somente on-line ou por telefone) – crmvto@crmvto.gov.br ou 3214-1077 ou 3214-2558.
Terça e quinta – presencial das 12h às 18h – obedecendo normas de segurança

Ascom CRMV Tocantins
Palmas, 11 de novembro de 2020.
Andressa Figueiredo