16.05.2020

IV Zootins é sucesso de público e dissemina conhecimento a profissionais

Com uma média de 170 participantes por dia, a edição on-line do Zootins – Encontro de Zootecnistas do Tocantins foi considerada um sucesso de público e de difusão do conhecimento. As palestras gratuitas e on-lines proporcionaram a participação de profissionais de vários estados brasileiros, como Santa Catarina, Rio de Janeiro e Ceará, além do Tocantins. O Zootins foi organizado pelo CRMV – Conselho Regional de Medicina Veterinária e Zootecnia do Tocantins, em parceria com o Centro Universitário Católica do Tocantins. Os temas foram variados e muito relevantes para a classe de zootecnistas, homenageada com o Dia Nacional do Zootecnista, comemorado em 13 de maio.

A quarta edição do Zootins começou na segunda-feira, dia 11, com a palestra ‘Sistema Intensivo de Produção de Leite à Pasto’, ministrada pelo zootecnista e analista da Embrapa, Cláudio Barbosa, que deu detalhes técnicos embasados em experiências reais para aumentar a produção de leite no Estado. “Temos necessidade de produzir mais para atender a demanda crescente e temos condição de aumentar a produtividade, com o manejo e rotação do pasto e suplementação do rebanho leiteiro”, explicou o zootecnista, que com a ajuda da moderadora Angélica Pedrico respondeu perguntas dos participantes.

Na segunda noite de palestra, realizada pela ferramenta Google Meet, o tema foi ‘Desafios da Zootecnia no Mercado de Trabalho, com o zootenista e empresário Maurício Bassani, mostrando que a Região Norte do País apresenta o melhor mercado para o profissional atuar. “As regiões Sul e Sudeste já estão saturadas, mas no Norte ainda vemos grandes empresas procurando zootecnistas para trabalharem”, disse o palestrante, acrescentando que o profissional precisa estudar muito para acompanhar as novas tecnologias e mostrar ao produtor por meio de resultados que a zootecnia vale a pena.

Na quarta-feira, dia 13, e terceira noite de palestra, o zootecnista, professor e conselheiro do CRMV TO Thiago Tardivo falou sobre a ‘Piscicultura e a excelente capacidade de produção tocantinense. “A região Sudeste do Tocantins já foi o maior polo de produção de pescado do País e o Estado tem condição de recuperar esse título. Temos uma capacidade enorme que ainda é pouco explorada. O lago de Palmas mesmo tem projeção de  produzir 22 mil toneladas de pescado e atualmente deve produzir cerca de 300 toneladas. Como desafios nesse cenário precisamos melhorar sobretudo, a organização social, além da liberação do licenciamento ambiental, da disponibilidade de crédito, da gestão e do consumo de peixe de cultivo”, detalhou.

Na quinta-feira, dia 14, o zootecnista e presidente da Cadeia Produtiva do Leite no Tocantins Marco Pitondo, apresentou com clareza e precisão os reais entraves para a retração do setor no Estado. “Estamos perdendo mercado para outros estados e temos que ajudar nossos produtores, que enfrentam muitas dificuldades para colocar o leite e derivados na nossa mesa”, comentou, acrescentando que o consumo de produtos locais deve ser incentivado pelo Governo, além de melhorar por exemplo, as estradas, facilitando o escoamento da produção, entre outras ações.

Para encerrar o Zootins, o zootecnista e conselheiro do CFMV – Conselho Federal de Medicina Veterinária e Zootecnia Fábio Holder, ministrou sobre ‘Responsabilidade Técnica do Zootecnista’. “Gostaria de agradecer imensamente o convite e em nome do CFMV, fico à disposição para o que precisarem”, falou ao final da palestra.

“Os organizadores estão de parabéns pelo evento. As palestras foram muito boas, com assuntos super pertinentes e informações essenciais aos profissionais que estão começando e para quem já está no mercado também e precisa se atualizar”, elogiou a professora de Zootecnia Kênia Rodrigues, que assistiu e interagiu durante todos os dias de Zootins.

“Ficamos muito felizes e orgulhosos dessa edição do Zootins, realizada on-line devido as medidas de contenção da Covid-19, mas que sem dúvida alguma foi um sucesso, com a participação de profissionais de vários estados brasileiros e até da Argentina. É a difusão do conhecimento facilitada pela tecnologia”, comentou a presidente do CRMV Tocantins, Márcia Helena da Fonseca.

Para a coordenadora do Curso de Zootecnia da UniCatólica, Kedma Nayra Marinho, o evento foi um sucesso e atingiu os seus objetivos no compartilhamento de informações e na comemoração da semana do Zootecnista.

Canal
Quem não conseguiu acompanhar ao vivo as palestras, poderá conferir os vídeos no canal do YouTube do CRMV Tocantins.

Ascom CRMV Tocantins
Andressa Figueiredo
Palmas, 16 de maio de 2020.